Saboreia a Vida | Nestlé
Saboreia a Vida | Nestlé


SOCIAL

Glossário

A cafeína é um produto químico natural encontrado em plantas. É um alcaloide da família das xantinas. As fontes mais comuns de cafeína são os grãos de café, folhas de chá, guaraná e em menores quantidades os grãos de cacau. A cafeína age como um estimulante do sistema nervoso aumentado a capacidade de atenção, melhorando a concentração e o humor e reduzindo o tempo de reação. Também consegue reforçar a libertação de catecolaminas, favorecer a utilização de gordura no esforço físico e reduzir a sensação de fadiga.
Mineral fundamental para a saúde dos ossos e dentes. Participa na coagulação do sangue, regulação do ritmo cardíaco, condução dos impulsos nervosos e contracção muscular. Veja mais informação na área "Nutrientes" deste site.
São pigmentos amarelos ou vermelhos encontrados em alguns alimentos como por exemplo a cenoura, batata-doce, vegetais folhosos, gordura do leite e gema do ovo, que podem ser convertidos em vitamina A no organismo.
O colesterol é um lípido presente em todas as células do organismo, necessário em pequenas quantidades, ao seu funcionamento. O colesterol pode ser produzido pelo nosso organismo, mais propriamente no fígado, de acordo com as nossas necessidades. Contudo, estima-se que 30% do colesterol que circula no sangue é proveniente dos alimentos que ingerimos diariamente, como por exemplo a gema de ovo, marisco, vísceras, gorduras de carne, de leite e de derivados, snacks e produtos de pastelaria. O nosso organismo utiliza o colesterol para diversos fins: é componente do sistema nervoso, é essencial para a produção de determinadas hormonas, vitaminas, sais biliares (sais que ajudam a digestão das gorduras) e ainda para a construção das paredes celulares. No entanto, quando o nível de colesterol no sangue está elevado, o risco de desenvolvimento de doenças cardiovasculares aumenta. Para diminuir esse risco podemos atuar em determinados fatores associados ao nosso estilo de vida, como por exemplo optar por uma alimentação equilibrada e manter hábitos de vida saudáveis.
Para que o colesterol consiga circular no sangue, necessita de se ligar a moléculas específicas, as lipoproteínas. Dependendo desta conjugação, pode assumir a forma de HDL ou LDL. As Lipoproteínas HDL, conhecidas como colesterol HDL ou bom colesterol, recolhem das artérias, o colesterol LDL que não foi utilizado e transportam-no até ao fígado para que seja eliminado. Um baixo nível de HDL corresponde a um aumento do risco de aterosclerose.
Para que o colesterol consiga circular no sangue, necessita de se ligar a moléculas específicas, as lipoproteínas. Dependendo desta conjugação, pode assumir a forma de HDL ou LDL. As lipoproteínas LDL, conhecidas como colesterol LDL ou mau colesterol, transportam o colesterol até aos tecidos e se existirem em demasia podem aumentar o risco de doenças coronárias. Se não existir HDL suficiente, o colesterol LDL acumula-se e forma placas de ateroma que se aderem às paredes das artérias obstruindo-as e endurecendo-as (aterosclerose). Esta situação facilita a formação de coágulos e obstrução das artérias. Dependendo da localização da artéria obstruída, poderá originar um enfarte cerebral ou do miocárdio e provocar a morte.
Os compostos fenólicos são substâncias que estão amplamente distribuídas pelo reino vegetal, particularmente em frutas e vegetais. Estudos realizados com estes compostos, especialmente com os flavonoides, demonstraram que estes possuem uma ampla capacidade antioxidante e um efeito benéfico na prevenção de diversas patologias, tais como doenças cardiovasculares, vários tipos de cancro e doenças neurológicas.