Saboreia a Vida | Nestlé
Saboreia a Vida | Nestlé

SOCIAL

MIRTILO

O mirtilo, também conhecido como arando ou uva-do-monte (Vaccinium corymbosum) é um arbusto que pertence à família Ericaceae (família da azálea) cujos membros incluem tanto a amora, como o louro da montanha. 

O mirtilo é uma baga de cor azul-ceroso, que cresce num pequeno arbusto que alcança 1m a 1,5m de altura. O mirtilo encontra-se em regiões nas quais o inverno é rigoroso, dado que necessita, em média de 700 a 1000 horas anuais de temperatura entre o 10º e o 12ºC.
 
O seu tamanho oscila entre 7 a 12 milímetros de diâmetro e apresenta características distintivas tais como, a estrela de cinco pontas na parte superior do fruto e a cor que pode ser azul, quando alcança o amadurecimento total, ou vermelha segundo a variedade. Este fruto é coberto por uma cera, denominada pruína. Possui uma pele firme e a sua polpa é sucosa e aromática, de sabor agridoce. 

O mirtilo é nativo da América do Norte e das regiões montanhosas dos Estados Unidos e Canadá, onde se encontra disponível de maio a outubro. Na Argentina e no Uruguai existem também plantações deste fruto. 

As plantações deste fruto na Europa são raras. Em Portugal, é na zona do vale do Rio Vouga e Alentejo que se reúnem as condições ideais para a produção deste fruto, sendo Sever do Vouga o concelho com melhores condições. Actualmente, esta localidade possui uma produção com de cerca de 60 toneladas anuais, o que corresponde aproximadamente a 20ha de cultivo, sendo explorado por cerca de 80 produtores. Em Portugal este fruto está disponível de maio a agosto.
 
A versatilidade culinária é uma das características associada ao mirtilo, pois combina com carnes de caça, saladas, tartes, bolos, pudins, biscoitos, gelados, batidos, rebuçados, não podendo deixar de se salientar o chá, as compotas e o licor confeccionados a partir destas pequenas bagas. 

O arbusto do mirtilo é uma planta medicinal, do qual se podem usar quase todas as partes - flores, folhas, fruto e raízes -, mas o fruto é a parte que contém maior poder antioxidante
 

INFORMAÇÃO NUTRICIONAL

Devido aos seus elevados teores em antocianidinas e vitaminas A, C e E, o mirtilio está no topo dos alimentos com maior poder antioxidante. Além disso é rico em vitaminas do complexo B; sais minerais e oligoelementos, como magnésio, potássio, cálcio, fósforo, ferro, manganês; fibras solúveis, como a pectina e insolúveis. Contém também taninos, ácido málico, tartárico e elágico.

Tabela de composição nutricional (por 100 g de Parte Edível)

 

Mirtilo

Energia (kcal)

56

Água (g)

84,3

Proteínas (g)

0,68

Lípidos (g)

3,42

Hidratos de carbono (g)

14,1 

Vitamina A (µg)

10,0

Vitamina E (mg)

1,88

Vitamina C (mg)

12,8

Fibra (g)

2,70

Magnésio (mg)

5,0

Potássio (mg)

89,0

Cálcio (mg)

6,0

Fósforo (mg)

10,0


mg = miligramas. Parte Edível = diz respeito ao peso do alimento que é consumido depois de rejeitados todos os desperdícios.


VANTAGENS E DESVANTAGENS:

O mirtilo é um dos frutos que contém mais compostos antioxidantes. Estes possuem capacidade de neutralizar os radicais livres que prejudicam o sistema imunitário e que conduzem a muitas doenças degenerativas.

O mirtilo contém oxalatos, um anti-nutriente que pode interferir com a absorção de cálcio proveniente da dieta. 


COMO COMPRAR E CONSERVAR

No verão, pode consumir os mirtilos no seu estado natural, frescos; no resto do ano pode encontrá-los congelados e secos. Quando adquire os mirtilos frescos, deve preferir os firmes ao toque, sem humidade aparente, com a pele seca e com um brilho prateado. Os mirtilos com manchas de sumo indicam que a fruta já não está no seu melhor estado. Coloque os mirtilos no frigorífico e use-os até 7 dias após a aquisição. Lave-os imediatamente antes de os consumir. 

Conheça receitas com este alimento em Nestlé Cozinhar.
PARTILHAR 21 LIKES

Sugestões