Saboreia a Vida | Nestlé
Saboreia a Vida | Nestlé

SOCIAL

IOGURTE

INFORMAÇÃO NUTRICIONAL

Pelo facto do iogurte corresponder a um derivado do leite. O seu valor nutricional relaciona-se com a composição do leite que lhe deu origem e com os ingredientes adicionados. 
Graças à herança que do leite, o iogurte fornece proteínas de alto valor biológico, vitaminas do complexo B, cálcio, fósforo e potássio.
Devido aos ingredientes adicionados, o iogurte torna-se mais rico nutricionalmente, particularmente em teores de frutose e fibra quando lhe é adicionado pedaços de fruta e cereais, respectivamente.

Tabela de composição nutricional (100 g de Parte Edível)

 

Iogurte natural sólido meio gordo

Iogurte aromatizado açucarado sólido magro

Iogurte aromatizado açucarado líquido meio gordo

Energia (kcal)

54

68

70

Água (g)

87,9

82,0

83,3

Proteínas (g)

4,2

5,0

3,0

Lípidos (g)

1,8

0,1

1,3

Hidratos de carbono (g)

5,0

11,8

11,5

Cálcio (mg)

118

152

105

Fósforo (mg)

108

123

78

Potássio (mg)

183

208

98


g = grama
mg = miligramas
Parte Edível = diz respeito ao peso do alimento que é consumido depois de rejeitados todos os desperdícios. Fonte: Porto A, Oliveira L. Tabela da Composição de Alimentos. Lisboa: Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge. 2006.


VANTAGENS E DESVANTAGENS

O iogurte pode ser considerado um fornecedor proteico. As proteínas que contém são digeridas parcialmente durante o processo de fermentação, o que facilita a sua assimilação pelo organismo.
As vitaminas presentes no leite auxiliam a proliferação das bactérias lácticas que, por sua vez, produzem outras vitaminas, aumentando assim a variedade de vitaminas presentes no iogurte. 
O iogurte apresenta uma ampla variedade de minerais, destacando-se entre eles o cálcio. O cálcio lácteo apresenta elevada biodisponibilidade e é indispensável na formação de ossos e dentes.
As bactérias do iogurte exercem efeitos benéficos no organismo o que torna o iogurte um alimento probiótico (probióticos são microrganismos vivos que, quando consumidos em quantidades adequadas como parte integrante de alimentos, conferem um benefício para a saúde do hospedeiro). Os principais efeitos benéficos de Lactobacillus bulgaricus e Streptococcus termophilus prendem-se com a promoção do equilíbrio da população microbiana intestinal, inibindo as bactérias patogénicas e favorecendo as benéficas, que, consequentemente, constituem um meio de prevenção contra infecções gastrointestinais. Para além disso, estas bactérias facilitam a digestão de alguns nutrientes, nomeadamente as proteínas e o cálcio e tornam o iogurte um alimento permitido por indivíduos intolerantes à lactose. Além disso, o ácido láctico formado é responsável por acidificar o iogurte, impedindo o desenvolvimento de bactérias patogénicas, e promover a assimilação do cálcio.
As bactérias lácticas presentes no iogurte também parecem promover a estimulação do sistema imunitário. 
Além das vantagens nutricionais, o iogurte é uma excelente base para molhos, podendo substituir alimentos ricos em gordura como a maionese. 
 

COMO COMPRAR E CONSERVAR

No momento da compra do iogurte verifique a data limite de consumo para garantir que adquire o produto fresco. 
Após a aquisição, conserve o iogurte no frigorífico na sua embalagem original, a uma temperatura entre os 0ºC e os 6ºC para que as bactérias lácticas se mantenham inactivas, prevenindo a deterioração do produto e alterações da acidez e conservando a estrutura, consistência e textura do produto.


RECEITAS COM IOGURTE

Patê de cavala com Iogurte

Strogonoff de Vaca com Iogurte

 

Conheça receitas com este alimento em Nestlé Cozinhar.
PARTILHAR 25 LIKES

Sugestões