Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.
Brócolos
Alimentos

Brócolos

Os brócolos fazem parte da família das couves crucíferas, denominada de Cruciferae. É originário da Itália do tempo da Roma Antiga e o seu nome significa ramo, devido à sua forma peculiar.

Os brócolos estão disponíveis durante todo o ano e são cultivados em ambientes com baixas temperaturas, visto as altas temperaturas lhes serem desfavoráveis.

Informação Nutricional

Os brócolos têm um baixo valor energético, bem como um baixo teor de proteínas, hidratos de carbono e lípidos. Têm um teor moderado de fibra alimentar e são ricos em carotenos (pró-vitamina A), vitamina C e ácido fólico. Relativamente aos minerais, são ricos em potássio, cálcio e fósforo. Além disso, os brócolos são ricos num fitonutriente protector denominado sulforafano.

g = grama; mg = miligrama e µg = micrograma. Parte Edível = diz respeito ao peso do alimento que é consumido depois de rejeitados todos os desperdícios. Fonte: Tabela da Composição de Alimentos – Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge.
Composição nutricional
(100g de parte edível)
Brócolos Cozidos
Energia (kcal) 27
Água (g) 91,9
Proteínas (g) 2,8
Lípidos (g) 0,7
Hidratos de Carbono (g) 1,3
Folatos (µg) 47
Fibra (g) 2,3
Vitamina A (µg) 114
Vitamina C (mg) 18
Potássio (mg) 240
Cálcio (mg) 56
Fósforo (mg) 39
Vantagens e desvantagens

O sulforafano presente nos brócolos é um fitonutriente com ação anti-cancerígena, que potencia a acção de enzimas responsáveis pela eliminação de agressores ao organismo, ajudando na prevenção de doenças cardiovasculares e do cancro, como o cancro do cólon e do estômago.

Por sua vez, os carotenos, a vitamina C e os folatos ajudam também a prevenir o cancro e as doenças cardiovasculares. Os brócolos são benéficos para a saúde óssea, visto terem quantidades apreciáveis de cálcio e fósforo. Além disso, a vitamina C presente nos brócolos ajuda na formação do tecido conjuntivo que une os ossos.

Como comprar e conservar

Escolhe brócolos com uma coloração viva e sem manchas amarelas, a parte superior dos brócolos deve ser compacta e não deve estar danificada. Além disso, não devem ter flores amarelas desabrochadas porque é sinal de excessiva maturação.

Os brócolos são alimentos facilmente perecíveis, pelo que deverão ser rapidamente conservados no frigorífico dentro de um saco plástico aberto, onde poderá permanecer por 4 dias. Não deverás lavá-los previamente porque a presença de água à superfície acelera a degradação.

Os brócolos podem também ser congelados, mas como a congelação caseira é de menor qualidade, neste caso poderás optar por variedades ultracongeladas.

Como utilizar

O cheiro característico que se sente quando os brócolos são cozinhados provém dos compostos sulfurados, o que não deverá ser desculpa para prescindir deste valioso alimento.

Podem ser cozidos a vapor, salteados, utilizados em sopas ou cremes e em arroz.

 

Receitas Relacionadas

também

Alimentos

A fruta do dragão, também conhecida como pitaia, é tão interessante por dentro como é por fora. É…

Alimentos

É um item básico da despensa e da gastronomia portuguesa também. No entanto, se olharmos para as…

Alimentos

Sabes qual é a diferença entre o Abacaxi e o Ananás? Descobre as diferenças e aprende a distinguir…