Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.
 Alho
Alimentos

Alho

Allium sativum, uma planta perene cujo bolbo (a "cabeça de alho"), composto por folhas escamiformes (os "dentes de alho"), é comestível e usado tanto como tempero como para fins medicinais.  
 
Apreciado pelas suas propriedades terapêuticas, era usado já pelos antigos egípcios para curar desde a lepra às hemorroidas, além de que, por exemplo, os construtores de pirâmides tomavam-no para ganhar força e resistência. As suas propriedades anti-microbianas e os seus efeitos benéficos para o coração e circulação sanguínea já eram valorizados na Idade Média.  
 
Informação Nutricional

O alho é uma boa fonte de vitamina B6, assim como de potássio, fósforo e magnésio.

g = grama; mg = miligrama e µg = micrograma. Parte Edível = diz respeito ao peso do alimento que é consumido depois de rejeitados todos os desperdícios. Fonte: Tabela da Composição de Alimentos – Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge.
Composição nutricional
(100g de parte edível)
Alho cru
Energia (kcal) 72
Água (g) 79,8
Proteínas (g) 3,8
Lípidos (g) 0,6
Hidratos de Carbono (g) 11,3
Fibra (g) 3
Vitamina B6 (mg) 0,38
Fósforo (mg) 86
Magnésio (mg) 17
Potássio (mg) 350
Vantagens e desvantagens

Um dos ingredientes mais comuns da cozinha, mas com propriedades significativas para o nosso sistema imunitário: o composto que se destaca neste alimento é a alicina, um composto bioativo com funções antibacterianas e antivirais que conferem proteção contra as gripes e constipações. Quando se tritura ou mastiga o bolbo, a aliína, um destes compostos, transforma-se em alicina (responsável pelo odor e alguns dos efeitos terapêuticos), e parte desta decompõe-se em outros produtos sulfurosos também com propriedades medicinais. Cozinhar o alho inibe a formação de alicina e elimina algumas das outras substâncias terapêuticas.

Sabe-se que o alho contribui para a redução de problemas cardíacos, pois reduz a coagulação do sangue ao impedir que as plaquetas se aglomerem e se agarrem às paredes das artérias e ajuda a baixar a tensão arterial, alargando os vasos sanguíneos e permitindo, assim, que o sangue circule mais livremente. Reforça a imunidade, tem propriedades antioxidantes e pode baixar os níveis de colesterol

A vitamina B6, em conjunto com a vitamina B12, é essencial para a conversão da homocisteína, mantendo baixos os seus níveis. A homocisteína é uma molécula que pode danificar as paredes dos vasos sanguíneos e cujos elevados níveis no sangue estão associados com um maior risco de doença cardiovascular.

O elevado teor de potássio e baixo em sódio favorece um equilíbrio adequado dos fluídos corporais e uma eliminação mais eficaz de fluídos excessivos e toxinas. Além disso, o potássio intervém na contração muscular e do ritmo cardíaco e na regulação da tensão arterial. O magnésio, o fósforo e o cálcio melhoram a saúde dos ossos e dentes. 

O fósforo ajuda a formar e a manter os ossos e os dentes saudáveis, em conjunto com o cálcio. O fósforo é ainda essencial para a libertação de energia nas células, para a absorção e transporte de muitos nutrientes, e regula também a atividade das proteínas.

O magnésio, desempenha funções a nível da transmissão neuromuscular, participa na regulação dos fluxos através das membranas celulares, coadjuva a atividade de algumas enzimas em variados processos enzimáticos, e está envolvido na replicação de ADN.

Como comprar e conservar

De forma a obter o máximo sabor e benefícios nutricionais deves adquirir alho fresco, que se encontra disponível no mercado todo o ano. Adquire o alho que apresente forma abaulada e a pele intacta. Aperta gentilmente o alho entre os dedos de forma a verificar que o mesmo se encontra firme. Evita o alho que se apresente mole, enrugado ou bolorento. Estes podem ser sinais indicadores de deterioração que irá originar menor sabor. 

Poderás armazenar o alho fresco num local descoberto ou num recipiente coberto afastado do calor e da luz solar. Isto ajudará o alho a manter a sua frescura. Não é necessário conservar o alho no frigorífico. Algumas pessoas descascam e congelam o alho, no entanto, este processo reduz o seu perfil de sabor e transforma a sua textura. Dependendo da sua idade e variedade, os bolbos inteiros de alho mantêm-se frescos entre duas semanas a dois meses. Inspeciona o bolbo frequentemente e retira qualquer dente que apareça seco ou bolorento.

Como utilizar

Picado, às rodelas, em pó ou inteiro, o alho é utilizado em refogados, pratos de carne, peixe e também em saladas, patés, massas e arrozes. Mas é preciso utilizá-lo em quantidades moderadas, pelo seu intenso sabor e aroma.

 

Receitas Relacionadas

"Polvo Minhoto.jpg"
Receita 
Alquimia dos Tachos
  |  
Fácil
  |  
Económico

também

Alimentos

A fruta do dragão, também conhecida como pitaia, é tão interessante por dentro como é por fora. É…

Alimentos

É um item básico da despensa e da gastronomia portuguesa também. No entanto, se olharmos para as…

Alimentos

Sabes qual é a diferença entre o Abacaxi e o Ananás? Descobre as diferenças e aprende a distinguir…