Saboreia a Vida | Nestlé
Saboreia a Vida | Nestlé

SOCIAL

MARACUJÁ

O maracujá (Passiflora) é designado em muitas línguas de “fruto da paixão”, como alusão à Paixão de Cristo, devido às suas flores que lembram uma coroa de espinhos, e à sua cor roxa que é a cor litúrgica da Quaresma.
É um fruto com mais de 400 variedades, sendo que as mais consumidas são: o maracujá roxo, o amarelo e o doce.
O maracujá roxo é um dos frutos tropicais que melhor se adaptou ao clima de Portugal. Tem um sabor doce e uma acidez variável, de acordo com a variedade, estado de maturação e local de produção. 
Vários estudos indicam a presença de substâncias polifenólicas, ácidos gordos polinsaturados e fibras, entre outras substâncias, que pode indicar o potencial do maracujá como um alimento funcional.
Neste fruto apenas o conteúdo é comestível e a casca pode ser usada para fins medicinais.

Como usar
Os maracujás roxos são geralmente mais pequenos e doces que os amarelos. Pode ser consumido fresco, com o auxílio de uma colher, como sumo de frutos, em saladas, compotas ou sobremesas. 

Fatores Nutricionais
Este fruto é uma excelente fonte de fibras, vitaminas A, do complexo B e C, e ainda minerais como potássio, cálcio, fósforo, magnésio, ferro, manganês, selénio e zinco.

Como escolher
Escolher os maracujás bem maduros e pesados para o seu tamanho. Se for leve quer dizer que a sua polpa está seca. Devem ter a casca rugosa, cedendo ao toque mas sem quebrar. Pode conservá-lo no frigorífico durante 2-3 semanas ou congelar a sua polpa durante cerca de 6 meses.



PARTILHAR 10 LIKES

Glossário

Sugestões