Saboreia a Vida | Nestlé
Saboreia a Vida | Nestlé


SOCIAL

CASA ORGANIZADA – CONHEÇA ALGUMAS DICAS INFALÍVEIS

Não existe uma maneira certa de organizar a sua casa. Qualquer que seja a estratégia que escolher, deve estar coordenada com seu estilo de vida, hábitos e gostos. No entanto, existem algumas estratégias comuns que já provaram a sua eficácia em manter qualquer casa organizada. Começar por reconhecer os focos de desordem ou sinais de uma casa desarrumada, é um bom princípio. Uma casa arrumada é sinónimo de uma vida mais organizada também. 

Saiba como dar o primeiro passo com algumas regras simples que temos para si! 

Comecemos pelo mais difícil

Mais difícil do que arrumar, é saber por onde começar. Para isso, é necessário que saiba o que tem em casa e começar do zero. Experimente retirar tudo do lugar e avalie as suas necessidades de armazenamento e aproveitamento do espaço.

Depois disso? 

1) Livre-se daquilo que não precisa

Se não usou recentemente, deite fora ou doe. Se estiver estragado, decida se vale a pena mandar arranjar. Se estiver manchado ou desgastado, também é um bom motivo para se livrar disso. De quanto mais coisas abrir mão, mais espaço terá para uma casa organizada. Pensemos no critério de escolha de Marie Kondo, uma conhecida organizadora japonesa: deixar apenas aquilo que lhe traga alegria. E esta seleção vai tornar-se mais fácil. Se experimentar fazer esta limpeza de tempos a tempos verá que se vai tornar um hábito. Basta que esqueça o “posso precisar mais tarde”!

2) Junte os objetos por categorias

Após a grande limpeza, separe os itens por grupos. Por exemplo, na cozinha, junte as especiarias, os enlatados, os frascos de vidro. No roupeiro, separe os artigos por estação do ano. E na sala, experimente ordenar os livros por categoria ou ordem alfabética. Depois de agrupar os seus objetos é mais fácil saber que tipo de sistema de organização vai adotar.

3) Arrume a casa de forma funcional 

Já agrupados por categorias, experimente arrumar os objetos de maneira organizada e acessível. Isto não significa que tenha de sair e comprar um monte de caixas novas. Seja criativo/a! Pode usar caixas de sapatos embrulhadas em papel bonito para guardar coisas nos espaços à vista.  Organizar a casa pode também ser uma forma de a voltar a decorar. Caixas dentro de caixas é outro método para deixar a casa organizada. Muitas vezes encontramos objetos pequenos que não sabemos onde guardar. Criar caixas com diferentes fins e divisórias pode ser uma boa solução.

4) Coloque etiquetas nas caixas

É normal que entre caixas e caixas nem sempre se recorde onde estão as coisas. Por isso é importante etiquetar aquilo que guarda. Pode fazer as suas próprias etiquetas ou descobrir online alguns templates prontos a imprimir. Experimente rotular a parte externa das caixas e criar uma lista do seu conteúdo. Esta pode ser uma dica útil para o/a ajudar a encontrar aquilo que precisa e ao mesmo tempo manter a casa organizada. 

Agora sim… tudo no sítio certo!

5) Preencha os espaços vazios

Depois de tudo separado por categorias, etiquetado e organizado é hora de colocar cada coisa no seu lugar. Comece pelos itens que usa com maior frequência e coloque-os “à mão de semear”. A partir daí, preencha as lacunas até que tudo tenha um lugar. É o momento em que começa a ver a casa a ficar arrumada. 

6) Habitue-se a recolocar as coisas no lugar que estipulou

Uma vez que especificou sítios para guardar as coisas, o desafio é manter esta ordem. A única forma de manter a casa organizada é  criar o hábito de colocar as coisas no lugar delas.

7) Não tenha medo de mudar

Sempre que notar que a organização ainda não está como pretende, mude. Por vezes idealizamos um método que na prática não funciona. Reabilitar e renovar os sistemas de arrumação é crucial para manter a casa funcional e prática. 


A organização é uma tendência crescente num mundo que se adivinha confuso e baralhado com tanta informação e pouco tempo. Há alguns livros que o/a poderão ajudar a reajustar o seu espaço a seu gosto. Exemplo disso é a organizadora, Mariana Vidal, que pretende ajudar as pessoas a “dar dignidade às coisas que têm”. Ou Christopher Lowell que pretende mostrar aos seus leitores que é possível a limpar a casa mental, física e espiritualmente.
PARTILHAR 1 LIKES

Sugestões