Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.
Importância da suplementação em vitamina B12
Nutrição

Importância da suplementação em vitamina B12

Se segues uma alimentação isenta de produtos de origem animal, é quase certo que já ouviste falar ou leste alguma coisa sobre a Vitamina B12 e sobre a importância da sua suplementação.

Esta vitamina, tal como todas as outras, é essencial para que o corpo se mantenha saudável, e a sua carência pode surgir devido a algumas restrições alimentares, mas não só.

O que é a Vitamina B12?

A Vitamina B12 pertence ao grupo das nove vitaminas hidrossolúveis (como a vitamina C e as do complexo B) e é uma das 13 vitaminas que o organismo humano necessita para se manter saudável. Como é solúvel em água, se houver excesso é eliminada pelos rins, se estes funcionarem de forma normal.

A Vitamina B12 é imprescindível ao nosso organismo para a hematopoiese, ou seja, a produção saudável de glóbulos vermelhos. Atém disso, é muito importante manter os seus níveis estáveis para conseguir um bom funcionamento do sistema nervoso e para a renovação das células.

Onde vamos buscar esta vitamina?

As principais fontes de Vitamina B12 são alguns alimentos de origem animal, como a carne, o fígado, o peixe, os ovos, o leite e seus derivados. É por isso que quem segue uma alimentação vegetariana ou vegana tem mais dificuldade em conseguir suprir as necessidades desta vitamina através da alimentação.

queijos, leite e derivados

Quais são os principais sintomas de carência de Vitamina B12?

Quando a disponibilidade de vitamina B12 no organismo não é suficiente para as necessidades pode comprometer o desempenho das suas funções, e consequentemente, o bem-estar do organismo.

Os sintomas dependem da gravidade da carência, da sua duração e da idade, entre outros fatores. Entre os vários sintomas clínicos destacam-se:

  • Anemia megaloblástica, uma doença sanguínea caracterizada por grandes glóbulos vermelhos, imaturos e disfuncionais;
  • Fadiga;
  • Fraqueza;
  • Dor na boca e língua;
  • Obstipação;
  • Diminuição do apetite;
  • Perda de peso;
  • Dormência e formigueiro nas mãos e nos pés;
  • Tonturas;
  • Falta de memória e confusão;
  • Demência e outro tipo de lesões no sistema nervoso irreversíveis.

Quais as causas da carência de Vitamina B12

Restrições ou padrões alimentares diferentes

A alimentação vegetariana ou vegana é um dos exemplos, visto que há restrição no consumo de alguns ou da totalidade dos grupos de alimentos de origem animal, dependendo do tipo de regime alimentar em questão.

Idade

Ao longo dos anos, o estômago vai produzindo menos ácido gástrico, o que dificulta a absorção da Vitamina B12 presente nos alimentos de origem animal. No caso dos suplementos de Vitamina B12 isto não acontece, pois não é necessária a presença do ácido para que esta seja absorvida.

Medicação

Alguns medicamentos administrados como forma de controlar a indigestão e azia, que funcionam através da diminuição da acidez gástrica, acabam por resultar numa diminuição da absorção da Vitamina B12, como referido no ponto anterior.

Alguns fármacos anti-diabéticos, como a metformina, podem igualmente interferir na sua absorção, possivelmente por alterarem a motilidade intestinal;

Gastrite crónica ou gastrectomia (redução do estômago)

Esta doença, bem como este procedimento, também causam uma redução na capacidade de absorção da Vitamina B12.

Doenças gastrointestinais

Pessoas que sofrem de Doença Celíaca ou de doenças inflamatórias intestinais, como a Doença de Crohn, também podem não conseguir absorver a Vitamina B12 corretamente.

Como suplementar a vitamina B12

Se seguires uma alimentação diversificada e em quantidades suficientes, não precisas de consumir suplementos com Vitamina B12. Contudo, se pertenceres a um grupo de risco, como por exemplo os vegetarianos, os veganos ou se tiveres doenças gastrointestinais, então é possível que tenhas de fazer alguma suplementação.

O objetivo principal da suplementação da Vitamina B12 não é atuar quando há défice, mas sim preveni-lo, pelo que deve ser feita logo a partir do momento em que decidas deixar de comer produtos de origem animal.

Essa suplementação pode ser feita de várias formas, mas uma vez que é absorvida pouca Vitamina B12 de cada vez, sugere-se que a sua toma seja repartida.

Segundo a Associação Vegetariana Portuguesa, a cianocobalamina é a forma mais estável, económica e eficaz, que se poderá recomendar na maioria dos casos, à exceção de pessoas com algumas alterações no metabolismo e com problemas renais crónicos. Mas a escolha do tipo de suplementação deve ser feita com base no aconselhamento de um profissional de saúde, e tendo em consideração os teus valores de Vitamina B12 atuais, o teu padrão alimentar atual, a medicação que tomas e as patologias que possas ter associadas.

 

também

Nutrição

O nosso intestino é, muitas vezes, chamado de “segundo cérebro”. Isto acontece porque este órgão…

Nutrição

Fazer boas escolhas alimentares e ter um estilo de vida ativo e saudável tornou-se uma tendência…

Nutrição

A alimentação deve ser sempre adaptada às necessidades de cada um. Lê o artigo e descobre a…