Saboreia a Vida | Nestlé
Saboreia a Vida | Nestlé

SOCIAL

ALIMENTAÇÃO E PRÁTICA DESPORTIVA

A alimentação e a atividade física são dois aspetos bastante importantes para o bem-estar físico e psicológico. São dois hábitos que combinados se tornam a chave para um estilo de vida saudável e trazem inúmeros benefícios para a nossa saúde. 

Todavia, as necessidades nutricionais variam de acordo com as fases do crescimento e o estilo de vida. Uma alimentação saudável tem por base a diversidade e o equilíbrio. 

Quando se pratica atividade física, há alguns cuidados especiais a ter. 

Alguns dos benefícios que o exercício físico tem sobre o nosso organismo são as melhorias sentidas no sistema respiratório e no sistema cardiovascular, aumentando a capacidade respiratória e promovendo o reforço muscular. Adicionalmente permite prevenir e reduzir a obesidade e doenças relacionadas, melhorar a autoestima e qualidade do sono. 

No entanto, há diferentes cuidados que devemos ter durante a prática de exercício, especialmente na alimentação. 

Durante a atividade física há um desgaste do organismo. O esforço físico e a transpiração levam à perda de energia, água e minerais, entre outros. Tendo em conta este desgaste, é importante garantir que o organismo dispõe de reservas e garantir a reposição das mesmas após a prática da atividade física. 

O consumo de proteína é muito importante durante a prática de desporto. 

A proteína além de ser um dos elementos mais abundantes no corpo humano, é também responsável pela reparação e formação das células. Por isso, na prática de exercício, a importância da proteína incide sobre a recuperação e ganho de massa muscular. 

Os hidratos de carbono, fonte privilegiada de energia, são muito importantes na alimentação de um praticante de exercício físico. 

A gordura, como os ómegas, as gorduras saudáveis, também são importantes, principalmente se for um exercício com uma duração prolongada, como acontece nos atletas de alta competição. 

Assim podemos sugerir o que comer antes e depois do exercício físico. 

Antes da atividade física é importante a ingestão de hidratos de carbono, principalmente de absorção lenta. Convém que a refeição seja feita entre 4 a 1 hora antes do exercício de modo a evitar o desconforto abdominal. Quanto mais próxima for a hora de início do treino, mais leve deve ser a refeição. 
Os hidratos de carbono ocupam uma percentagem relevante da nossa Roda dos Alimentos, como as massas, arroz e cereais. No entanto, também podemos encontra-los nas frutas e leguminosas. 

Depois do exercício, o objetivo é repor o que foi gasto. 

Nesta fase é fundamental repor as reservas que o corpo despendeu, como os minerais e os líquidos perdidos durante o treino. Também a proteína tem um papel importante pois vai ajudar na regeneração e recuperação muscular.
A proteína pode ser encontrada em alimentos como a carne, o peixe e os ovos. Se optar por alimentos que não sejam de origem animal, um cereal como a aveia, os frutos secos como nozes, amêndoas ou soja são também uma opção como fonte de proteína. 
Os antioxidantes e os minerais como ferro, potássio e magnésio, que previnem as caibras, estão presentes nas frutas e legumes.   

Importante, não só na prática de exercício, como durante todo o dia, todos os dias: a ingestão de líquidos. 

O nosso organismo é maioritariamente constituído por água e é muito importante que mantenha a hidratação. Durante a prática de exercício físico, uma ligeira desidratação pode ter efeitos negativos causando por exemplo fadiga precoce. 
Sem dúvida que desporto e alimentação caminham lado a lado, complementando-se. Uma alimentação diversificada e equilibrada satisfaz as necessidades em geral e melhora o seu bem-estar geral. 
Caso esteja a iniciar agora a prática desportiva sugerimos que consulte o seu médico ou nutricionista.
PARTILHAR 0 LIKES

Sugestões