Saboreia a Vida | Nestlé
Saboreia a Vida | Nestlé

SOCIAL

BIOLÓGICO, ORGÂNICO OU NATURAL?

É cada vez mais frequente ouvirmos falar de produtos biológicos ou orgânicos e em Portugal estes produtos são já consumidos diariamente por cerca de 12% da população portuguesa, principalmente nas categorias dos hortícolas e da fruta.

Mas será que as designações Biológico, Orgânico e Natural são equivalentes?

A Agricultura Biológica é um modo de produção que visa produzir alimentos de elevada qualidade e saudáveis promovendo práticas sustentáveis e de impacto positivo no ecossistema agrícola. Neste método de produção agrícola não se usam pesticidas, adubos químicos nem organismos geneticamente modificados.

Por seu lado a Produção Animal Biológica rege-se por normas de ética e respeito pelo bem-estar animal, garantindo por exemplo condições ambientais que permitam aos animais manter os seus comportamentos naturais. Não recorre ao uso de hormonas nem antibióticos como promotores de crescimento.

Como sei se é Biológico?

Os produtos embalados BIO são acompanhados pelo logótipo europeu da Agricultura Biológica e código da certificadora.
Um ponto de venda BIO tem de ter uma licença própria. Os produtos alimentares a granel têm de ser acompanhados.
A designação Orgânico tem o mesmo significado que Biológico.

E o que são Produtos Naturais?

Embora seja muitas vezes usado como sinónimo de Biológico ou Orgânico o termo Natural pode se atribuído a tudo o que provém diretamente da natureza, podendo, no entanto utilizar pesticidas, fertilizantes químicos, antibióticos, aditivos e sementes geneticamente modificadas.

Ao contrário dos primeiros estes produtos não tem uma certificação oficial.

É ou não mais saudável consumir produtos BIO?
Apesar de se encontrar nos produtos Bio ou Orgânicos vantagens do ponto de vista do sabor e do teor de contaminantes químicos não existem ainda estudos que comprovem os seus benefícios do ponto de vista nutricional.

No entanto, dizem os estudos que quem compra produtos Bio tem habitualmente padrões alimentares mais saudáveis, com um maior consumo de frutas, hortícolas, produtos integrais e leguminosas e menor consumo de carne vermelha e produtos processados. Estes consumidores são também por norma mais ativos e tendem a ter um estilo de vida mais saudável.

Ou seja, mais do que um comportamento alimentar a opção por produtos BIO faz parte de um modo de vida em que há mais atenção aos comportamentos promotores de saúde refletindo-se nas suas várias dimensões.
PARTILHAR 10 LIKES

Glossário

Sugestões