Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.
Frutas e Legumes: Um Desafio Habitual
Alimentação Equilibrada

Frutas e Legumes: Um Desafio Habitual

Uma das normas básicas de educação alimentar infantil é a de promover o consumo de vegetais.

Isto porque habitualmente não é necessário incentivar as crianças a comerem massa, hambúrgueres, ou doces mas em contrapartida, muitas vezes não revelam interesse por legumes e fruta, chegando mesmo a recusá-los.

Diversificação gradual

As crianças não sentem necessidade em diversificar a sua dieta, pelo que terão de ser os pais que, com paciência, calma e destreza vão conseguindo, à medida que elas crescem, que comam alimentos de origem vegetal. Se além disso, o fizerem sem discussões, terão triunfado.

Não terão de se aperceber da terrível angústia dos pais em relação a este assunto. O normal deve ser comer de tudo, e com perseverança e habilidade é possível consegui-lo, tal como conseguimos fazê-lo superar todas as etapas do seu crescimento.

Comer apenas o que gostamos é muito agradável e cómodo. Com este objetivo em mente, os nossos filhos podem chegar a tomar atitudes como rejeitar os alimentos pela cor, textura, odor ou sabor ou simplesmente porque não os conhecem. Não será necessário tentar convencê-los de que são muito bons, não resultará. Tão pouco nos devemos deixar impressionar pelas suas birras, sabem muito bem como nos fazer chegar ao desespero. Quanto mais se alterarem, mais calmos devemos estar. Não estamos perante qualquer tragédia.

Estratégias e Dicas

Não será necessária uma obsessão para que comam todas as frutas e legumes. Se consumirem algumas será suficiente. Não vale a pena insistir nos vegetais que realmente vemos que lhes causam aversão se existem outros que toleram melhor.

Propomos algumas diretrizes concretas para que consigas que os teus filhos comam fruta e legumes:

  • As crianças aprendem por imitação, por este motivo, é importante ensinar através do exemplo.
  • Não forces demasiado a situação: não irás alterar os hábitos alimentares numa semana, as novidades terão de ser introduzidas pouco a pouco.
  • Fala com eles sobre os benefícios de comer fruta e legumes: sentir-se bem, melhorar a saúde no futuro, crescer, estar bem hidratado, terem pouca gordura…pode parecer forçado mas seguramente na escola deverão já ter falado sobre o tema.
  • Convida-os a ir às compras para que vejam como é atrativa a exposição de produtos vegetais. Poderás ainda pedir-lhes ajuda na confeção e escolha dos menus.
  • Apresenta pratos originais: por exemplo, apresentar os legumes em forma de pudim ou a fruta com gelatina; Lasanhas ou canelones vegetarianos, tortilhas de batata, cogumelos, abóbora…
  • Coloca a fruta num local que lhes seja de fácil alcance.
  • A fruta constitui uma boa merenda: pode ser consumida a qualquer hora do dia. Ao mesmo tempo, devido ao seu sabor doce, pode ser considerada uma guloseima. É preferível comer uma tangerina do que gomas. Pode ser cortada de forma divertida para que seja mais atrativa.
  • O pequeno-almoço e o lanche são momentos adequados para consumir fruta: em forma de sumo, pedacinhos de banana ou morangos com cereais, misturado no iogurte…
  • Com os legumes e vegetais podemos fazer sandes (tomate, alface, cenoura…) e pizas vegetarianas.
  • Nas festas, as crianças podem fazer divertidos espetos de ananás, melão, morangos… e batidos para acompanhar.
  • Apresenta a fruta e os legumes como guarnição dos pratos de carne e peixe.
  • Não sirvas os mesmos legumes mais do que uma vez por semana e vai cozinhando de formas diferentes.
  • Combina os vegetais com queijo ou molho de tomate.
 

também

Alimentação Equilibrada

Os primeiros dias de junho trazem consigo uma antecipação pelas festas e arraiais de Santos…

Alimentação Equilibrada

Sabias que a maior parte do desperdício de alimentos começa nas nossas casas? Conhece algumas dicas…

Alimentação Equilibrada

A retenção de líquidos é um problema que afeta muitos de nós. Sabe quais as melhores infusões…