Saboreia a Vida | Nestlé
Saboreia a Vida | Nestlé


SOCIAL

PREPARADO/A PARA O CARNAVAL?

O Carnaval é uma época festiva celebrada em quase todo o país. É especialmente adorado pelos mais pequenos por se poderem mascarar a seu gosto e “viver” fantasias intermináveis. Mas há também muitos adultos que mantêm a tradição de se “vestir a rigor” nesta altura. 

Apesar de ter origem incerta, acredita-se que o Carnaval tenha surgido na Grécia por volta de 500 AC. O Carnaval estava associado ao deus do vinho e da festa, Dionísio, sendo realizado perto da chegada da primavera.

Após a popularização da Igreja Católica por todo o mundo greco-romano, esta festa surge como os três dias que antecedem a Quaresma. Dado que este período de quarenta dias é, tradicionalmente, de sacrifício e abstinência, o Carnaval associou-se a um período de excessos e muita diversão.

Em Portugal, existem, associadas ao Carnaval, tradições muito diversas espalhadas de norte a sul do país. 


Matrafonas e Cabeçudos de Torres Vedras

O Carnaval de Torres Vedras é bastante conhecido por todo o país, e muitas vezes definido como “o Carnaval mais português de Portugal”. Conta com um desfile das escolas do concelho, na sexta-feira de manhã, três desfiles de grupos de mascarados e carros alegóricos (sábado à noite, domingo à tarde e terça-feira à tarde), e também o corso trapalhão, na segunda-feira à noite, onde qualquer pessoa pode entrar e desfilar.

Um dos grandes destaques deste Carnaval vai para o caráter cáustico e irónico dos carros alegóricos e do monumento ao Carnaval localizado na Praça da República, que retratam acontecimentos da política nacional e local, e satiriza o de mais caricato aconteceu na sociedade no último ano. As icónicas Matrafonas – homens mascarados de mulheres – são presença regular no Carnaval de Torres Vedras, assim como os cabeçudos. A oficialização do período de Carnaval acontece na sexta-feira à noite, onde é entregue pelo Presidente da Câmara as chaves da cidade aos Reis do Carnaval, que prometem ao seu povo grandes feitos e prosperidade. Como não conseguem tornar realidade essa promessa, na quarta-feira, dia de Entrudo, o Rei é julgado e condenado à fogueira, dando por terminado o Carnaval com fogo de artifício e um boneco gigante do Rei a ser queimado.

Caretos de Podence

Nas aldeias de Lazarim e Podence, pertencentes ao concelho de Lamego, decorre todos os anos uma das mais antigas celebrações do Carnaval em Portugal. Pode encontrar, nestes festejos, máscaras de Entrudo, feitas tradicionalmente na aldeia por artesãos. Estas máscaras são maioritariamente feitas de madeira e, por vezes, revestidas a pele de coelho. Para conferir um ar ainda mais assustador a toda a figura eram apanhadas cobras e lagartixas durante o ano, sendo pregadas à máscara como adornos.


Cegadas de Sesimbra

O Carnaval é também famoso em Sesimbra e conta com tradições com mais de 100 anos. Normalmente em despique, dois grupos constituídos exclusivamente por homens apresentam ao público versos feitos de improviso. O tópico principal são os acontecimentos recentes da sociedade portuguesa, que, quando expressos sob a forma de poema, se assemelham às antigas canções de escárnio e maldizer.


Carnaval da Nazaré

Este Carnaval está fortemente associado à tradição piscatória desta vila. O tema varia de ano para ano e são eleitos os reis da festa alguns meses antes da ocasião. A caracterização dos foliões depende sempre do tema do ano, mas pode sempre contar com a presença dos tradicionais trajes nazarenos.


Carnaval de Ovar

O Carnaval de Ovar surgiu, segundo a tradição, no final do século XIX. Desde então evoluiu bastante e adotou diretamente das influências do Brasil, sendo um dos festejos mais semelhantes ao praticado neste país. Com seis escolas de samba no concelho, o desfile de Carnaval é pautado por muita animação, música e samba. Mais recentemente, o Carnaval de Ovar também inclui um desfile de mais de 15 grupos carnavalescos.


O Carnaval é amplamente celebrado em Portugal, sendo uma altura festiva, de muita folia e diversão. Estes são só alguns dos sítios onde se pode divertir e “viver” o Carnaval. Se não conhece o Carnaval deste locais mencionados, aproveite este ano para o fazer! 
PARTILHAR 5 LIKES

Sugestões