Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.
Beldroegas
Alimentos

Beldroegas

As beldroegas, que normalmente crescem sem necessidade de cultivo, são um excelente complemento de saladas frias. 

Têm um sabor ácido e refrescante e são naturalmente boas fontes de ácidos gordos ómega-3 e de vitamina A, esta última muito importante para a visão.

Informação Nutricional
g = grama; mg = miligrama e µg = micrograma. Parte Edível = diz respeito ao peso do alimento que é consumido depois de rejeitados todos os desperdícios. Fonte: Agricultural Research Service – United States Department of Agriculture (USDA).
Composição nutricional
(100g de parte edível)
Beldroega Crua
Energia (kcal) 20
Proteínas (g) 2,03
Lípidos (g) 0,36
Hidratos de Carbono (g) 3,39
Vitamina A (µg) 396
Vitamina C (mg) 21
Cálcio (mg) 65
Ferro (mg) 1,99
Magnésio (mg) 68
Potássio (mg) 494
Vantagens e desvantagens

As folhas de beldroegas, por serem ricas em vitaminas e sais minerais, apresentam vários benefícios nutricionais:

  • A grande quantidade de vitamina A contribui para a saúde da visão e para uma correta função imunológica; 
  • As vitaminas do complexo B têm uma função essencial na digestão e absorção de vários nutrientes;
  • As vitaminas C e E possuem um grande potencial antioxidante, prevenindo diversos tipos de doenças;
  • Elevado teor de magnésio, importante para a saúde muscular e óssea;
  • Boas fontes de cálciopotássio (controlo da pressão arterial), ferro (transporte celular de oxigénio) e zinco (saúde imunitária);
  • São ricas em ácidos gordos ómega-3 (ácido alfa-linolénico).
Como comprar e conservar

No momento da compra, devem-se escolher as folhas mais verdes e viçosas em detrimento das murchas e amareladas, uma vez que estas últimas já perderam muitas das suas propriedades nutricionais. As folhas mais sujas ou com manchas mais escuras devem ser excluídas.

Até ao seu consumo podem conservar-se no frigorífico, preferencialmente num saco de plástico e durante aproximadamente três dias. Após este período, as folhas podem começar a apresentar sinais de deterioração. 

Podem ser consumidas em cru, acompanhando por exemplo uma salada de alface ou então cozinhadas em pratos quentes, como por exemplo sopas ou cremes.

 

 

também

Alimentos

A fruta do dragão, também conhecida como pitaia, é tão interessante por dentro como é por fora. É…

Alimentos

É um item básico da despensa e da gastronomia portuguesa também. No entanto, se olharmos para as…

Alimentos

Sabes qual é a diferença entre o Abacaxi e o Ananás? Descobre as diferenças e aprende a distinguir…