Saboreia a Vida | Nestlé
Saboreia a Vida | Nestlé


SOCIAL

O OUTONO E A QUEDA DE CABELO

O verão já acabou e o outono chega como preparação para o inverno. Os dias ficam mais curtos e as noites maiores. 
Nesta altura, à semelhança das folhas que caem nas árvores, todas as pessoas experienciam uma maior queda de cabelo. Sendo um processo biológico regulado pelo meio ambiente onde nos inserimos, parece que o nosso corpo sabe que chegou a altura de renovar o cabelo, assim como as árvores renovam as folhas.


A queda de cabelo é mais frequente no outono. No entanto, há pequenos truques e hábitos que se podem seguir para reduzir os efeitos da queda capilar sazonal. 


#1 Massajar o couro cabeludo
Ao massajar o couro cabeludo, está a reativar a circulação sanguínea nessa área. Assim, quando lavar o cabelo com o seu champô, massaje bem a raiz dos cabelos com a ponta dos dedos. Faça movimentos circulares em toda a zona do couro cabeludo, principalmente nas zonas onde tem menor densidade capilar.
Este processo ajuda a ativar a circulação do couro cabeludo o que, por sua vez, também ajuda na queda de cabelo. 


#2 Não altere a lavagem do seu cabelo
Não precisa de alterar os seus hábitos de higiene e reduzir o número de vezes que lava o cabelo, pois não aparenta existir qualquer correlação. Pode e deve continuar a utilizar o seu champô e amaciador, desde que sejam os adequados ao seu tipo de cabelo.


#3 Tente apanhar sol
O cabelo cresce mais na primavera e no verão devido à intensa exposição solar, que promove a produção de novos fios de cabelo. Aproveite os dias de outono em que há sol para dar uma volta. Pelo menos, 15 minutos por dia farão a diferença. Não só à saúde dos seus cabelos, como também o sol promove a síntese natural de vitamina D, que tem efeitos ao nível do organismo.


#4 Cuidado com a temperatura
Nos meses de outono e inverno é normal que a temperatura da água do banho aumente. A água demasiado quente aumenta o risco de danos do couro cabeludo e enfraquecimento dos cabelos. Para além disso, é normal que nestes meses do ano utilize o secador mais vezes, o que também tem um efeito nocivo para o cabelo. Evite expor o seu cabelo a temperaturas muito elevadas, sob risco de o danificar a longo prazo.


#5 Alimente-se bem
Para além de garantir uma boa higiene e nutrição capilar, com champôs nutritivos e adequados ao seu tipo de cabelo, a alimentação é também um fator muito importante para a saúde do cabelo. Uma parte significativa da queda de cabelo pode ser explicada por défices alimentares. Garanta que a sua alimentação tem os níveis adequados de proteína, presente nas carnes vermelhas, frango, peixes, ovos, leite e seus derivados, ou em leguminosas como ervilhas, lentilhas, feijão, soja e aveia. Para além disso, o ferro é também extremamente importante para a saúde capilar, e pode encontrá-lo não só nas carnes, mas também nas castanhas, nozes, amêndoas e aveia.


#6 Não compre suplementos capilares sem aconselhamento médico
A automedicação é um erro comum, que normalmente tem mais efeitos nocivos do que benéficos. Não compre um produto para a queda de cabelo sem pedir aconselhamento a um especialista. Poderá estar a comprar o produto errado para o seu tipo de cabelo e, como resultado, causar ainda mais danos.


#7 Penteie os seus cabelos suavemente
Ao pentear o seu cabelo, utilize uma escova ou pente com dentes largos. Evite pentear ou escovar o seu cabelo com muita força, para tentar mitigar os efeitos da queda natural do seu cabelo. 


#8 Garanta níveis normais de metionina
A metionina é um aminoácido essencial – ou seja, não é produzida pelo nosso corpo. Apesar de participar em vários processos biológicos, deve ser incluída na alimentação. 
A metionina é um dos poucos aminoácidos que contém um átomo de enxofre na sua composição química, e tem um papel fulcral na síntese de proteínas como a queratina. Para além do seu papel na pele e unhas, a queratina está também envolvida na génese de novos fios capilares. Para garantir níveis normais de metionina, deve incluir na sua alimentação claras de ovo, carnes, peixes, bem como leite e os seus derivados.

Estes são alguns hábitos que pode reforçar numa estação em que a queda de cabelo é comum.
PARTILHAR 11 LIKES

Sugestões