Saboreia a Vida | Nestlé
Saboreia a Vida | Nestlé

SOCIAL

DORMIR POUCO ENGORDA. SAIBA PORQUÊ

É um ciclo vicioso. Dormir pouco contribui para o ganho de peso. E peso a mais dificulta o sono reparador. Quantas vezes ouviu uma pessoa que acaba de perder peso dizer que “Até durmo melhor, é impressionante!”?
 
É a ciência que afirma

Nos Estados Unidos da América, investigadores observaram, durante 16 anos, cerca de 60 mil mulheres. Primeiro inquiriram-nas quanto aos seus hábitos de sono, exercício, alimentação e outros aspectos do seu estilo de vida. Após um exame, ficaram registados o peso e as razões por que os médicos consideraram que se tratava de mulheres saudáveis. 

Ao fim do período de observação (16 anos), a observação indicou que as mulheres que dormiam 5 horas ou menos tinham uma probabilidade de se tornarem obesas 15% superior em relação às que dormiam 7 horas. E o ganho de peso ultrapassava os 10 kg na maioria dos casos.
 

Porque engordamos

Há vários fatores que podem influenciar o ganho de peso quando se dorme pouco:

-Estamos cansados demais para fazer exercício
-Como temos falta de energia comemos mais (e demais)
-A privação de sono desregula a produção das hormonas que controlam a sensação de fome
 

Contrariar os hábitos

Seja qual for a razão ou o efeito de dormir pouco, a verdade é que uma média de 7 horas de sono diárias são grandes aliadas do equilíbrio de todo o organismo e consequentemente da saúde. Por isso, se nota que cada vez dorme menos – ou que já está numa fase em que a privação de sono se instalou – discipline-se. Se necessário recorra a ajuda especializada. E deixamos-lhe um último conselho: recuse-se a tomar comprimidos para dormir a não ser que sejam indicadas pelo médico. Este tipo de comprimidos são medicamentos fortes, que podem deixar sequelas graves no seu equilíbrio.
 
PARTILHAR 66 LIKES

Sugestões