Saboreia a Vida | Nestlé
Saboreia a Vida | Nestlé

SOCIAL

FAQS SOBRE A ALIMENTAÇÃO AO LONGO DA VIDA

1. A ALIMENTAÇÃO DA GRÁVIDA VAI VARIAR MUITO DA ALIMENTAÇÃO ANTES DA GRAVIDEZ? 

É através da mãe que o bebé recebe os nutrientes que necessita para se desenvolver e crescer, por este motivo a grávida deve ter cuidado com a sua alimentação, praticando uma alimentação completa, equilibrada e variada, tal como deveria ser a sua alimentação antes da gravidez. Durante a gravidez deverá efetuar várias refeições ao longo do dia: 3 refeições principais (pequeno-almoço, almoço e jantar), 2 a 3 refeições intermédias (meio da manhã, 1 ou 2 meios da tarde) e 1 refeição antes de deitar (ceia), não passando mais de três horas sem comer.

Para saber mais sobre este assunto, clique aqui


2.  A SUPLEMENTAÇÃO NUTRICIONAL DURANTE A GRAVIDEZ  É ESSENCIAL A TODAS AS GRÁVIDAS? 

Segundo o Institute of Medicine, com a exceção do ácido fólico, não existe necessidade de suplementação multivitamínica e mineral por rotina, exceto em gestações de alto risco, como no caso de mães subnutridas, de gestação múltipla, de história de recém-nascidos de baixo peso, curto intervalo entre gestações e dependência por álcool, tabaco e drogas.

Juntamente com o ácido fólico, a suplementação de ferro e magnésio também pode ser necessária.

Para saber mais sobre este assunto, clique aqui


3. QUAIS AS TOXINFEÇÕES ALIMENTARES MAIS COMUNS DURANTE A GRAVIDEZ? 

As grávidas são um grupo de risco no que diz respeito a toxinfeções alimentares. Entre as mais comuns, encontram-se as toxinfeções provocadas por Listeria monocytogenes, por algumas espécies de Salmonella e pelo parasita Toxoplasma gondii, sendo responsáveis pelo desenvolvimento de patologias: listeriose, salmonelose e toxoplasmose, respetivamente.

Para saber mais sobre este assunto, clique aqui


4. COMO SE PODE EVITAR A CONTAMINAÇÃO DAS GRÁVIDAS POR BACTÉRIAS E PARASITAS? 

De forma a evitar a contaminação, das grávidas, por bactérias e parasitas, devem ser adotados certos hábitos de higiene e segurança alimentar.

Para saber quais são estes hábitos clique aqui


5. A ALIMENTAÇÃO MATERNA, DURANTE A AMAMENTAÇÃO, INFLUENCIA A QUANTIDADE DE NUTRIENTES DISPONÍVEIS NO LEITE MATERNO? 

SIM. A alimentação materna deve ser cuidada, uma vez que tudo o que a mãe come vai influenciar a quantidade de nutrientes disponíveis para o bebé.

Para saber mais sobre este assunto, clique aqui


6. O LEITE MATERNO TEM UMA COMPOSIÇÃO ESTÁTICA? 

NÃO. A alimentação materna, durante a amamentação, influencia a quantidade de nutrientes disponíveis no leite e por esse motivo cada mãe produz o seu leite materno com uma composição única e que se vai adaptando ao bebé. Assim, pode-se dizer que a composição do leite materno não tem uma composição estática. A sua composição vai variar ao longo do período de amamentação e até mesmo durante a mamada, tal como varia com o clima e com o género do bebé, de forma a se ajustar melhor às suas necessidades nutricionais.

Para saber mais sobre este assunto, clique aqui


7. AMAMENTAR É BENÉFICO APENAS PARA O BEBÉ? 

Amamentar não é apenas benéfico para o bebé, mas também para a mãe. Oferece vantagens para ambos.

Para saber mais sobre este assunto, clique aqui


8. COMO DEVE SER A ALIMENTAÇÃO DE UMA CRIANÇA EM IDADE ESCOLAR? 

As necessidades nutricionais de uma criança vão depender da idade, atividade e constituição física. Assim, as doses que se encontram na Roda dos Alimentos, devem ser ajustadas às necessidades da criança. As doses devem ser mais baixas para uma criança mais pequena e sedentária e vice-versa. Deve ser oferecida uma alimentação completa, variada e equilibrada.

Para saber mais sobre este assunto, clique aqui


9. AS NECESSIDADES DE CÁLCIO, DE UMA CRIANÇA, ESTÃO AUMENTADAS? 

Alguns nutrientes devem ser ingeridos em maiores quantidades pelas crianças. No caso do cálcio, recomenda-se uma ingestão superior, o que se traduz no consumo de 3 porções de lacticínios em vez das 2 porções para a população geral.

Para saber mais sobre este assunto, clique aqui


10. AS NECESSIDADES NUTRICIONAIS DE UM ADOLESCENTE SÃO FIXAS? 

NÃO. As necessidades nutricionais durante a adolescência variam com vários fatores, como por exemplo o género, a idade, a velocidade do crescimento, composição corporal e grau de atividade física.

Para saber mais sobre este assunto, clique aqui


11. AS NECESSIDADES NUTRICIONAIS DE INDIVÍDUOS IDOSOS DIFEREM MUITO DAS NECESSIDADES DE INDIVÍDUOS ADULTOS MAIS NOVOS? 

O envelhecimento afeta a absorção, a metabolização e a excreção dos nutrientes e é por isso que muitos adultos idosos apresentam necessidades nutricionais específicas. Neste sentido, torna-se essencial a intervenção nutricional, cujo objetivo passa por prolongar a vida e diminuir a prevalência de doenças causadas por erros alimentares e má nutrição. As recomendações nutricionais para esta população não diferem muito das recomendações utilizadas para indivíduos mais novos, contudo deve-se ter em atenção algumas especificidades.

Para saber mais sobre este assunto, clique aqui. 


12. O QUE É A RODA DOS ALIMENTOS? 

A Roda dos Alimentos, tal como o nome indica, é um círculo em forma de prato que se encontra dividido em grupos de diferentes tamanhos, sendo que cada grupo reúne alimentos com propriedades nutricionais semelhantes.

Para saber mais sobre este assunto, clique aqui. 


13. QUAL O PRINCIPAL OBJECTIVO DA RODA DOS ALIMENTOS? 

O principal objetivo da Roda dos Alimentos é transmitir de forma simples e concisa, orientações para uma Alimentação Saudável, isto é, uma Alimentação completa,equilibrada e variada.

Para saber mais sobre este assunto, clique aqui. 


14. QUAIS OS GRUPOS DA RODA DOS ALIMENTOS? 

A Roda dos Alimentos é constituída por sete grupos de alimentos: Cereais e derivados, tubérculos; Produtos hortícolas; Fruta; Lacticínios; Carnes, pescado e ovos; Leguminosas; Gorduras e óleos.

Para saber mais sobre este assunto, clique aqui


15. MACRO E MICRO NUTRIENTES. O QUE SÃO? 

Os Nutrientes podem ser classificados em Macronutrientes e Micronutrientes, conforme as quantidades necessárias ao organismo. Os Macronutrientes são aqueles nutrientes necessários em maior quantidade (Hidratos de Carbono, Lípidos,   Proteínas, Fibra Alimentar e Água). Os Micronutrientes, tal como o nome indica, são aqueles que o organismo necessita em menores quantidades (Vitaminas e Minerais).

Para saber mais sobre este assunto, clique aqui. 


16. A FIBRA ALIMENTAR TRAZ CONSIGO INÚMEROS BENEFÍCIOS AO ORGANISMO. QUAIS OS PRINCIPAIS BENEFÍCIOS DA FIBRA? 

Para além de ser fundamental para o bom funcionamento intestinal (função mais conhecida da fibra), controlam os níveis de colesterol e de açúcar sanguíneo, ajudam a prevenir doenças cardiovasculares, promovem um controlo saudável do peso corporal e regulam o apetite.

Para saber mais sobre este assunto, clique aqui


17. OS LÍPIDOS DA ALIMENTAÇÃO DEVEM SER EVITADOS? 

Ao contrário do que se pode pensar, os lípidos ou gorduras não são necessariamente maus para a saúde! Aliás, são muito importantes para a renovação e integridade celular, uma vez que são componentes essenciais das membranas celulares, na produção e armazenamento de energia, na proteção mecânica dos vários órgãos e na síntese de algumas hormonas.

No entanto, uma alimentação excessiva em lípidos ou com proporções desajustadas pode ter consequências negativas para a saúde.

Para saber mais sobre este assunto, clique aqui


18. QUAL A DIFERENÇA ENTRE IMC E PESO DE REFERÊNCIA? 

O Índice de Massa Corporal (IMC) e o Peso de Referência são dois indicadores do estado nutricional de cada indivíduo. O Índice de Massa Corporal é o processo mais utilizado, e bastante útil do ponto de vista clínico, para avaliar a adequação do peso relativamente à altura em adultos. O Peso de Referência é entendido como o peso médio ao qual está associado um menor risco de doença.

Para saber mais sobre este assunto, clique aqui. 


19. O PEQUENO-ALMOÇO É CONSIDERADO A REFEIÇÃO MAIS IMPORTANTE DO SEU DIA ALIMENTAR. POR QUE MOTIVO? 

Começar o dia com um bom pequeno-almoço é a melhor forma de restabelecer os seus níveis de energia, aumentar a atenção e elevar o sentido de humor e bem-estar. Por esse motivo é considerada a refeição mais importante do dia.

Para saber mais sobre este assunto, clique aqui

 

PARTILHAR 11 LIKES

Glossário

Sugestões